os textos aqui apresentados são redigidos em desacordo com o Acordo Ortográfico #AO90







segunda-feira, 31 de agosto de 2009

[luz]

eu lá vou acendendo as velinhas, imbuída da mais pura e fina esperança
cansada em relação às #coisasmenosboas, mas sempre com o olhar posto nas outras, onde o menos não tem lugar
e depois são as perguntas e as solicitações, o «mas afinal» e o «então mas como é»; os silêncios, as faltas (in)justificadas e todo um mundo de coisas que me parece transcendente
é o tudo e é o nada
ou o nada que é tudo, já dizia o Poeta

Sem comentários: