os textos aqui apresentados são redigidos em desacordo com o Acordo Ortográfico #AO90







segunda-feira, 3 de maio de 2010

Coisas que me incomodam

Já tinha ouvido falar da «praga» dos telefonemas do Barclays Card. Nunca me tinha «tocado» esta odisseia, até ao dia em que começo a receber telefonemas de números privados para o meu número privado (entenda-se um número que eu própria não sei de cor e que não divulgo a entidades).


A primeira vez foi no concerto do David Fonseca.

- Boa noite. Sou fulano de tal e estou a ligar a propósito do Barclay Card.
- Boa noite, estou a ouvir muito mal (respondi).
- Se calhar não é boa altura, ligo mais tarde.

Boa altura não era de certeza, pensei eu. Nem percebi bem do que se tratava.
Até que as chamadas voltaram com insistência.

- Gostaria de saber como conseguiram este número de telefone, perguntei ainda antes que o rapaz começasse a desbobinar o script.
- Foi através de uma base de dados, respondeu. Da «Foto Sport».

Yeah right! Foto quem? Oh meu amigo, desconheço quem seja a entidade e não dou este número a nenhuma entidade. Agradeço que elimine da lista de contactos, pois para além de não estar interessada no cartão (ainda que seja o melhor cartão do mundo), não quero receber mais chamadas vossas!

- Com certeza, respondeu o moço.
Seguiram-se alguns dias de descanso, até que o império do melhor cartão do mundo voltou a atacar.
Lembro-me que até tuitei o acontecido e o radar do Sapo fez destaque. Pensei: boa assunto resolvido!



Depois de dois dias seguidos a receber chamadas, esqueci tudo o que tinha aprendido sobre assertividade e disse:
- Desculpe lá, mas está a ver a tecla do delete? Utilize-a para apagar o meu número de telefone. Estou cansada de dizer que não estou interessada e que não quero mais receber contactos vossos.
O senhor continuou sempre a insistir: mas é o melhor cartão do mercado…



A pergunta que se impõe: não posso ter direito a não querer o melhor?



Obrigada e boa tarde, sim?

4 comentários:

Ana Simões Rodrigues disse...

Essas pragas perseguem-nos a todos...

Prepara-te que depois do Barclays Card virá a AIG Alico, eheheh!

nat disse...

Também me aconteceu... são uns chatos de primeira.

Uma vez, uns srs que já não me lembro qual identidade, ligaram insistentemente para o meu pai, até que ele respondeu: olhe estou preso e vim a casa numa das visitas permitidas. Agradeço que não incomodem mais a minha família, porque a situação já é complicada. foi remédio santo!! ehehehe

Catarina Reis disse...

Realmente hoje não em dia não temos direito à nossa privacidade... este Marketing agressivo é demais.
Bjs
Catarina

lady.bug disse...

Oh Nat que ideia deliciosa :)