os textos aqui apresentados são redigidos em desacordo com o Acordo Ortográfico #AO90







quinta-feira, 4 de agosto de 2011

3 [permaneSer]


«Gosto muito da forma como nunca me abandonas. Mesmo quando trocamos o «até amanhã» e eu viro costas e sigo direcção à minha vida. E tu viras costas e segues em direcção à tua vida. Eu deixo-te. Tu deixas-me. Mas permaneces em mim. Trago comigo uma marca profunda como se trouxesse um pedaço de ti no bolso, para cheirar, sentir, tocar.
Um dia explicas-me como conseguiste encantar-me desta maneira. Fazemos disto um estudo de caso, com pergunta de partida, objectivo de investigação, argumentos e análise de dados. E conclusões! Orientações para o futuro. Desta forma, conseguirás apresentar ao mundo os passos a seguir para encantar alguém. Podes fazer disso um livro, daqueles que, nas prateleiras das livrarias, fazem vizinhança com os «Sei lá» e os «10 passos para se sentir feliz». Daqueles que vendem. Daqueles que são lançados em grandes livrarias, com pompa e circunstância. E eu estarei presente: o teu case study, ao vivo e a cores.
Posso até dizer algumas palavras. Se estas conseguirem dizer a forma como consegues permaneSer em mim, a tua proximidade que supera a distância. A forma como isso me alegra a alma, o coração e o corpo.
E dado o sucesso do teu livro, vou ver-me obrigada a criar um grupo no Facebook, denominado «pessoas que gostam de ser encantadas à distância». E terias a oportunidade de dizer GOSTO! em cada frase que lá escrevesse. E eu responderia: gosto muito de ti, de permaneSer em ti.
Em alternativa, esquecemos o estudo, a pergunta, o livro, a pompa, a circunstância, o Facebook e vamos apenas estar juntos, para que depois possas deixar-me e, ainda assim, não me abandonar.»

o texto (um trabalho Olhar a Palavra) foi inspirado nesta fotografia. neste momento ao qual tive o privilégio de assistir. fui dama de honor (com as pernas rabiscadas e tudo!), dormi com a noiva nas vésperas do casamento e passei por um momento de muNtos nervUs ao ajudar a noiva a vestir-se. deuses. a minha menina ia casar. e o melhor de tudo: com o meu menino.

e hoje somos compadres. e isso é algo que vai ecoar pela eternidade. ADORO-VOS :)


1 comentário:

TAB disse...

És a maior miga! I love you too