os textos aqui apresentados são redigidos em desacordo com o Acordo Ortográfico #AO90







segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

os descendentes



Ver o George Clooney de camisas tipicamente havaianas é um cenário que faz sentido num filme passado no Hawai. Ver o George Clooney a correr com ar de cepo não faz grande sentido. Mas pronto, lá que o senhor tem graça, tem. E o filme está bem conseguido, sobretudo pela estória e a forma como nos é narrada a vida de uma família onde a comunicar é difícil, mas necessário perante o trágico acidente de Elizabeth. A banda sonora raia o tirolês e não convenceu. Mas a estória sim.
George, és um grande senhor. Mesmo a correr daquela forma desajeitada.

Sem comentários: